Bioquímica

A Bioquímica é a parte da Biologia que se preocupa com os processos químicos que ocorrem nos organismos vivos.

Bioquímica, DNA, proteínas

Trata-se de uma área fascinante de estudo que aborda os processos químicos e as transformações dos organismos vivos. Ao estudar a bioquímica, o estudante deve não apenas memorizar os principais conceitos, mas principalmente apreender a pensa racionalmente para conseguir explicar como os processos acontecem.

Por isso é preciso compreender os princípios da área e deve-se ser capaz de aplicar os conhecimentos adquiridos na vida cotidiana. Um bom entendimento sobre esse importante segmento da biologia moderna será imprescindível para análise de diversos campos de estudos.

O que é?

Antes de compreender o que é esse conceito, é importante ter em mente que todos os seres vivos são constituídos por substâncias do tipo orgânicas que são elementos como, por exemplo, a água e os minerais, além de também apresentarem as classificadas como inorgânicas que englobam os açucares, vitaminas, proteínas e ácidos nucleicos.

Logo, a bioquímica pode ser definida como sendo o campo de estudo que conta com métodos sistemáticos para analisar as estruturas das biomoléculas, dos fenômenos físicos e químicos que fazer parte dos sistemas biológicos.

Com base nas pesquisas realizadas nessa área é que foi possível determinar como sistemas importantes da regulação de um organismo vivo funcionam. Cabe ainda destacar que esse estudo segue a linha de pensamento interdisciplinar visto que exige que o profissional responsável pelo projeto tenha capacidade de avaliar tópicos de outras áreas.

Foi por meio dos conceitos da bioquímica que foi possível realizar experimentos que possibilitaram entender um dos compostos mais importantes da vida que é a estrutura de DNA.

Para ter sucesso no estudo dessa área é preciso conhecer alguns termos e estruturas básicas como, por exemplo:

  • Proteínas

  • Aminoácidos

  • Ácidos nucleicos

  • Lipídeos

  • Carboidratos

Proteínas

São estruturas muito importante para os organismos vivos, pois estão diretamente relacionadas com quase todos os processos que ocorrem em uma célula. Em primeiro momento deve-se entender que a principal função das proteínas está relacionada com a questão da expressão das informações genéticas resultarem nessas estruturas.

Para sintetizar as proteínas é preciso um código, denominado gene, que é responsável por codificar uma sequência específica de aminoácidos. O mais interessante desse processo é que existem diversas combinações para a identificação da estrutura, mas mesmo dois seres distintos com informações genéticas diferentes ainda são capazes de produzir a mesma proteína. Esse ponto, sem dúvida, é uma grande descoberta da bioquímica.

Em cada célula existe uma grande diversidade de proteínas sendo que cada uma é responsável por assumir um determinado papel. Para ser uma ideia da importância dessas funções deve-se ter em mente que são umas das estruturas mais abundantes em um organismo.

Aminoácidos

Como visto, as proteínas são moléculas grandes e que possuem um papel crítico para o funcionamento normal do corpo humano, pois são essenciais para a regulação de tecidos e órgãos do corpo.

As proteínas são compostas de centenas de unidades mais pequenas chamadas de aminoácidos que estão ligados uns aos outros por ligações peptídicas o que forma uma cadeia longa.

Esse é outro importante conceito da área da bioquímica, por isso deve-se compreender a importância de algumas dessas estruturas. Confira:

  • Metionina: é responsável por fortalecer as unhas, cabelos e a pele, além de ajudar a evitar que ocorra acumulo de gordura no fígado.

  • Valina: possui um papel importante na regulação do nitrogênio do organismo.

  • Isoleucina: o controle e regulação dos níveis de açúcar no sangue é delegado a essa estrutura da bioquímica.

Ácidos nucleicos

Os ácidos nucleicos oferecem os mecanismos e informações necessárias para os organismos possam transferir esses dados genéticos de uma geração para a outra. Os dois tipos existentes de ácidos nucleicos são o ácido ribonucleico que também é conhecido como RNA, já o outro é o ácido desoxirribonucleico ou DNA.

Quando uma célula se divide, o seu conteúdo genético é copiado e transmitido de uma célula para a célula da geração seguinte. O DNA está organizado em cromossomas que são estruturas que podem ser encontradas dentro do núcleo das células e conhecidos por terem um papel fundamental na hereditariedade, ou seja, durante o desenvolvimento do feto.

Já o RNA é essencial para a síntese de proteínas. É também um componente de células organelas chamados de ribossomos. A informação contida dentro do código genético é passada do DNA para RNA para que possa ser possível identificar os aminoácidos para a fabricação das proteínas. Os ácidos nucleicos ainda são tópicos de estudo da bioquímica.

Lípideos

São estruturas conhecidas por não serem solúveis em água, mas apresenta a característica de ser solúvel em outros solventes orgânicos como, por exemplo, o éter, álcool e clorofórmio. A razão para isso é que são moléculas apresentam uma composição bioquímica que dá a característica de ser apolar enquanto a água é polar.

Em geral, são conhecidos por ajudarem o organismo ao fornecer energia assim como também recebem a culpa por prejudicar a circulação sanguínea ao entupir as artérias.

Carboidratos

Os carboidratos é o grupo de estruturas que representam os açúcares, amidos e fibras que, geralmente, são encontrados em frutas, grãos, legumes e produtos lácteos. Embora muitas vezes criticado em dietas, são importantes para uma vida saudável.

Esses tópicos destacados sãos os alguns pontos principais da área da bioquímica que abrange uma grande área de estudo, mas ao dominar esses conceitos certamente conseguirá compreender as ideias principais dos assuntos abordados por esse segmento.

Comentários