Sintaxe

Para conseguir ter um excelente domínio da língua portuguesa é preciso conhecer bastante sobre algumas áreas como a sintaxe.

Sintaxe, linguística, gramática

Uma das áreas mais importantes da linguística é, sem dúvida, a sintaxe. Isso se deve a grande importância que possui na construção de frases já que dificilmente uma pessoa consegue desenvolver várias sentenças sem a utilização desse recurso.

Como apresenta um papel fundamental para a língua portuguesa, foi preciso criar uma área de estudo para aprimorar as habilidades de escrita das pessoas. Essa disciplina surgiu como uma disciplina da língua de forma independentemente apenas nos últimos anos do século XIX.

No entanto, é preciso destacar que para essa área atingisse o nível de desenvolvimento conhecido atualmente foi preciso um bom tempo de dedicação por parte de pessoas especialistas no assunto. John Ries é um dos principais responsáveis pela construção da área de estudo sintaxe da linguística.

Desenvolvimento

Uma de suas principais obras foi “O que é sintaxe”. Nesse livro, John Ries abordou e desenvolveu diversas ideias que ajudaram a consolidar essa área de estudo e aprimorar a forma com que os recursos eram aplicados.

Apesar dessa grande contribuição para a área, essa parte da linguística apenas se consolidou com a chegada das ideias de um importante autor suíço, Saussure. Por meio da dedicação desse personagem fundamental para a linguística, foi possível dar uma maior consistência a essa área de estudo que se consolidou por volta do início do século XX.

Estudo

Vale a pena destacar que diferentemente das áreas de fonologia e da morfologia que tem como tem como principal objetivo, respectivamente, estudar os sons característicos da língua e estudar a estruturas dos vocábulos, a disciplina de sintaxe tem como foco analisar as sentenças, ou seja, tem a função de analisar o papel dos vocábulos dentro de uma frase.

Portanto, essa área de estudo deve ser entendida como uma parte muito importante da gramatica que ajuda a identificar a melhor forma de dispor as palavras dentro de uma sentença e, por sua vez, a sentença dentro de um texto ou discurso.

É com ajuda desse recurso da linguística que é possível estabelecer uma conexão lógica entre as palavras para que possam fazer sentido, pois só assim será possível transmitir uma mensagem verbal que seja capaz de expressar uma ideia de sentido completo.

A princípio pode parecer uma área irrelevante, contudo é possível perceber a grande utilidade da sintaxe por meio dos tópicos de estudo. Por isso, confira não de conhecer um pouco sobre alguns desses.

Análise sintática

A análise sintática nada mais é do que a parte da linguística que tem como principal objetivo estudar a ligação e a função de cada elemento usado para formar uma sentença. Logo, essa é uma área que ajuda a identificar a função de cada termo utilizados em uma frase para entender o papel que o elemento exerce dentro do contexto da sentença.

Por meio dessa análise, o escritor consegue desenvolver textos mais claros e capazes de expressar toda a ideia que o autor deseja. No entanto, para conseguir usufruir dessa ferramenta é importante conhece-la bem para possibilitar a sua aplicação.

Termos essenciais na oração

Outro recurso que possui um papel muito crítico dentro da sintaxe são os termos considerados essenciais para qualquer oração. Em primeiro momento é preciso compreender que uma oração é composta por vários termos que podem ser classificados como essenciais, acessórios e integrantes.

Os considerados essenciais são o sujeito que pode ou não existir dentro de uma sentença, enquanto que o predicado deve existir dentro de uma oração para que faça sentido. Logo, pode-se concluir esse tipo de elemento são chamados como essenciais visto que fazem parte da estrutura básica de uma oração e, por isso, são fundamentais.

É preciso ressaltar que apesar do sujeito ser considerado como um elemento essencial, existe algumas situações em que esse termo poderá ser opcional, portanto o termo que não pode faltar em qualquer oração é o prejudicado.

Períodos

Por meio do estudo da sintaxe também será possível compreender os períodos de uma oração que é um assunto de muita importância para entender a ideia que a sentença quer passar para o leitor. O período pode ser dividido em dois grupos que é o simples e o composto.

Isso é algo bem simples de ser compreendido, basta ter em mente que para identificar qual o período de uma sentença é preciso analisar quantas orações existem ou quantas ações verbais existem. Caso tenha apenas uma oração ou uma ação verbal, a sentença é classificada como período simples.

Por outro lado, caso note que uma frase tenha mais do que uma oração ou apresenta mais de uma ação verbal, a sentença deve ser classificada como período composto. Ou seja, orações com apenas uma ação verbal é considerada simples, enquanto que mais de uma ação verbal devem ser classificadas como compostas.

Apesar de parecer um conteúdo difícil, o estudo de sintaxe exige um pouco dedicação visto que possui um conteúdo bastante amplo. Não há dúvidas de que ao reservar alguns horários para esse estudar esse assunto será possível dominar essa área da linguística.

Comentários