História do comércio

Saiba mais sobre a história do comércio e como foi possível expandir as trocas de produtos e serviços a um nível global.

História do comércio, mercado, e-commerce

O comércio foi e tem sido uma importante metodologia para a troca de bens e serviços entre as diferentes sociedades. É preciso entender que esse é um ponto muito positivo desse esquema visto que nem sempre as pessoas podem produzir e prestar qualquer tipo de serviço devido a questões de limitação geográfica, da cultura do país, do solo, do clima, enfim, por uma infinidade de fatores. Por isso, é importante conhecer a história do comércio.

Um exemplo claro disso na antiguidade era a carne de gado, pois algumas regiões tinham bastante tradição na criação de gado e isso contribuía para que esse tipo de alimento fosse de melhor qualidade e por um custo mais acessível.

Enquanto que outras populações não tinham os recursos necessários para realizar esse investimento e mesmo quando tinham sofriam com os altos cursos da criação. Foi em situações como essa que as civilizações entenderam que seriam melhor realizar a troca de produtos que tinham condições mais favoráveis para serem produzidos em outras regiões.

Origem

Embora não seja possível afirmar com precisão quando surgiu o início da história do comercio visto que é um estudo bastante difícil de ser feito, sem dúvida, é possível afirmar que a atividade comercial é muito antiga. Existem registros que mostram que já existe esse tipo de troca desde a antiguidade e que já era praticada em diversas regiões do mundo.

Segundos estudiosos da área, sabe-se que a troca de produtos foi um processo muito importante para que as civilizações pudessem dar início a atividade comercial e ao seu desenvolvimento.

Desenvolvimento

Um dos mais importantes marcos da história do comércio é a criação de uma moeda que permitiu que as civilizações tivessem uma referência de valor para negociar a suas mercadorias e seus serviços. A partir desses recursos, ocorreu uma intensificação nas realizações de operações com foco comercial.

Por outro lado, apesar de que a criação da moeda trouxe vários benefícios para as sociedades é preciso destacar que esse marco também tem um ponto negativo que é o acúmulo de riquezas.

Muitas famílias ao longo da história foram privilegiadas por possuir relação com o reino, enquanto que outras enxergaram uma grande oportunidade para se beneficiar com as relações comercias. Esse foi um ponto muito importante ao longo da história do comércio.

 

 

Pode-se ainda dizer que com as pessoas que adotaram o posicionamento de obter benefícios sobre as trocas comerciais, de certa forma, foram as primeiras a utilizar o conceito de lucro mesmo que ainda não fosse um termo conhecido.

Como funcionava as trocas

Antes de atingir os patamares conhecidos atualmente, o comércio foi uma atividade restrita a pequenas regiões. O principal motivo para justificar essas características do sistema de trocas na antiguidade era os inexistentes e precários meios transportes que quando existiam, eram conhecidos por ser um pouco demorado. Essa era uma característica que durou bastante tempo na história do comércio.

Além de viver de uma atividade local, a maioria das primeiras comunidades e civilizações tinha como principal área de produtos a agricultura e a pesca. Outro ponto que merece ser destacado é que as comunidades sempre focam em único produto para cultivar visto que era mais rentável.

Com o desenvolvimento da história do comércio, os agricultores puderam desfrutar de novas ferramentas que chegavam ao mercado para facilitar a colheita, plantio e irrigação de  sua plantação. Como consequência dessa evolução, muitas comunidades começaram a realizar a estocagem deu seus produtos, pois sua produção supera o consumo da família e até mesmo do sistema local.

Nesse momento, se identificou a necessidade da criação de um mercado de trocas que foi outro grande marco da história do comércio. Foi graças ao inicio desse esquema que possibilitou que as comunidades tivessem acesso a outros tipos de produtos que não cultivavam.

Em pouco tempo o sistema de troca conseguiu se desenvolver bastante e foi considerado como um importante mecanismo por permitir que as pessoas pudessem atender as suas necessidades básicas e ainda terem os produtos que desejavam.

Transporte

Ao longo do tempo com a ajuda de grandes invenções no setor do transporte foi possível ampliar essa rede de trocas a nível mundial. Atualmente, as pessoas podem facilmente realizar compras de outros países e receberam os produtos selecionados em um período bem curto. Logo, o comércio só possui as características conhecidas hoje, graças a evolução dos transportes.

Além disso, ainda é preciso destacar a grande contribuição que o mercado digital gerou para o comércio. A internet é uma ferramenta que possibilita a qualquer pessoa com acesso realizar diversas aquisições sem sair de sua casa, por exemplo.

Por outro lado, para atender um fluxo tão grande de pessoas que realizam trocas de produtos e serviços, foi necessária uma grande mudança no sistema de produção. É graças as produções em massa que é possível ter acesso a tantos tipos de produtos de modo muito rápido.

Apesar do comércio ter alcançado um nível muito alto de desenvolvimento, sem dúvida, com o passar do tempo surgirão novas ideias para intensificar ainda mais esse mercado de trocas e contribuir com a história do comércio.

Comentários