A gravidez e seus acontecimentos

Durante a gravidez, diversas transformações ocorrem no corpo da mulher que se prepara para receber uma nova vida.

A gravidez e seus acontecimentos

A gravidez é um período de 40 semanas aproximadamente, em que se inicia na fecundação do óvulo até o nascimento do bebê. O corpo da mulher passa por diversas transformações, tanto em relação ao corpo como também mudanças hormonais.

Por isso, é comum que as pessoas tenham muitas dúvidas em relação à gravidez, independente se é a primeira gravidez ou não. E por este motivo vamos esclarecer os principais acontecimentos que ocorrem durante esse momento.

Fisiologia

Primeiramente, é importante entender como a gravidez acontece. Para uma mulher ficar grávida, é necessário que o óvulo, gameta feminino, seja fecundado pelo espermatozoide, gameta masculino.

A fecundação ocorre nas trompas de falópio. Através da mitose, os cromossomos masculinos e femininos se unem formando então o chamado zigoto. O zigoto começa então a descer em direção ao útero. Durante este percurso inicia-se o período de divisão celular, e então o embrião une-se à parede uterina dando início a gestação.

Mas para tudo isso acontecer, a mulher precisa estar em seu período fértil. O período fértil tem duração de aproximadamente seis dias e ocorre no 10º ao 14º dia após a menstruação. É neste período em que o óvulo amadurece e é lançado nas trompas de falópio para serem fecundados.

Se não houver a fecundação, o óvulo começa a se degenerar e a parede do útero começa a se desprender, iniciando o período menstrual.

Sintomas

O início da gravidez pode ser identificado quando o período menstrual é interrompido. Também pode ser acompanhado por náuseas, vômitos e sensibilidade nas mamas.

Mas nem sempre esses sintomas são percebidos logo no início. Alguns deles, como as náuseas, aparecem apenas a partir da quarta semana.

É neste período que o embrião começa a produzir um hormônio chamado beta-HCG, ou Gonadotrofina Coriônica Humana.

A confirmação pode ser feita através de um teste caseiro, também conhecido como “teste de farmácia”, ou através de um teste sanguíneo, que é o teste mais confiável.

O teste caseiro identifica, através de fitas, a quantidade do hormônio beta-HCG na urina. É o mesmo princípio do teste sanguíneo, mas este irá medir o nível do hormônio presente no sangue.

O teste sanguíneo é mais confiável, pois o nível de beta-HCG na urina é menor do que no sangue e demora mais para aparecer. Sendo assim, com o exame de sangue é possível identificar a gravidez logo nas primeiras semanas.

Primeiro trimestre

Uma gravidez normal, ou seja, sem complicações, tem uma duração media de 9 meses. O primeiro trimestre é o mais importante de todos e o qual a mulher deve ter mais cuidado, pois é neste período em que ocorrem as maiores transformações, tanto no corpo da mulher, quanto no embrião.

Assim que a mulher identifica o início da gravidez, é necessário e muito importante que ela comece o acompanhamento médico, conhecido como pré-natal. São esses exames que irão avaliar a saúde da mulher e do feto, identificar possíveis complicações da gestação, orientar a mulher sobre os cuidados que ela deve tomar e diagnosticar doenças ou malformações do feto.

Ao longo do primeiro trimestre, o feto cresce em um ritmo mais acelerado quando comparado ao restante da gestação. É neste período que seus órgãos serão desenvolvidos, a corrente sanguínea será formada, além da formação do início da formação do cérebro e da medula espinhal.

Segundo trimestre

No segundo trimestre, o crescimento do bebê ainda é acelerado. Também é neste período que a mãe consegue sentir o seu bebê se mexer pelas primeiras vezes. As náuseas e vômitos tendem a acabar e é quando a barriga vai começar a crescer realmente.

Os tecidos ósseos e musculares continuam a se desenvolver e o sistema nervoso inicia o seu funcionamento. É por este motivo que conseguimos sentir os primeiros movimentos do bebê. Também nota-se o início do crescimento do cabelo, cílios e sobrancelhas. O pulmão é o único órgão que ainda não se desenvolveu totalmente.

Nesta fase os órgãos sexuais externos são formados, então torna-se possível a identificação do sexo do bebê através de um ultrassom.

Ultrassom de um feto com 20 semanas
Ultrassom de um feto com 20 semanas

Terceiro trimestre

O último trimestre é o qual a mulher vai sentir mais o ganho de peso, irá começar a sentir dores nas articulações e ficará mais inchada. Também pode sentir dificuldades para respirar e sua bexiga ficará mais apertada. Isso acontece porque o bebê atinge o seu tamanho máximo e ocupa muito espaço no abdômen.

É nesta etapa que o bebê se prepara para nascer. Ele já está completamente formado, mas seus órgãos continuam crescendo ao longo das semanas. O bebê começa a ter sensibilidade à luz, ruídos, gostos e cheiros.

Quando o bebê está finalmente pronto para nascer, a mãe começa a sentir as contrações uterinas. O colo do útero começa a se dilatar para facilitar a passagem do bebê. O trabalho de parto geralmente dura 24 horas, mas pode ser mais curto, principalmente a partir da segunda gestação.

Após o nascimento, corta-se o cordão umbilical e são realizados diversos exames iniciais no recém-nascido.

bebê

É importante reforçar que o acompanhamento médico deve ser feito em todo o período da gestação. A mãe deve ter um cuidado especial com a sua alimentação e fazer exercícios regulares.

Comentários